Manobra Petista não prospera e Karlos Cabral permanece deputado


O juiz Élcio Vicente da Silva, da 3ª Vara da Fazenda Pública Estadual revogou, em menos de 24 horas, a liminar concedida por ele próprio em que havia determinado o afastamento do deputado Karlos Cabral (PDT) do mandato na Assembleia Legislativa em favor da suplente Cassiana Tormin, do PT de Luziânia.

10 visualizações0 comentário