Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

José Eliton defende austeridade para dar continuidade ao equilíbrio das contas públicas do Estado

“Temos que continuar a austeridade fiscal para garantir o equilíbrio não só para hoje, mas para o futuro. Vamos adotar uma política forte de investimentos que irá impactar a vida de cada cidadão”. As afirmações foram feitas pelo governador em exercício, José Eliton, durante a posse dos novos auxiliares que assumem diferentes cargos na administração pública do Estado. A solenidade foi realizada no teatro do Instituto Tecnológico (Itego) em Artes Basileu França, no Setor Leste Universitário, onde ele também destacou: “Goiás foi um Estado que se preparou para o descortinar desse novo momento, ao reduzir gastos e ao adotar medidas enérgicas”,
Conforme o governador em exercício, o Estado está superando a crise, mas ainda há muita responsabilidade pela frente. “O novo momento de Goiás pede a continuidade da política de austeridade que vem sendo adotada pelo governo e que garantiu a tranquilidade desse novo momento”, disse.

 

José Eliton destacou ainda o comando inteligente do governador Marconi Perillo em tomar medidas que fizessem o Estado atravessar a “tempestade brutal” que provocou impactos na economia do País. “As medidas duríssimas foram tomadas e fomos atacados e criticados, mas o Estado conseguiu o equilíbrio nas contas”, ressaltou, observando que Goiás continuou inaugurando obras importantes, como hospitais, o centro de excelência em esportes e rodovias.

 

José Eliton lembrou que, enquanto Estados como Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais, entre outros, estão em dificuldades, Goiás consegue arcar com suas responsabilidades e iniciará um processo virtuoso de desenvolvimento. “Isso vem da coragem intelectual do governador Marconi Perillo em discutir temas como o da privatização, que era tabu. É importante ter coragem de debater isso”, acentuou.

 

Empossados


Além do novo secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), Ricardo Brisolla Balestreri, foram empossados na mesma cerimônia o suplente

 

de deputado federal Sandes Júnior, na Secretaria Extraordinária de Assuntos Federativos e de Relações com Organismos Multilaterais; o ex-prefeito de Catalão e ex-presidente da Assembleia Legislativa, Jardel Sebba, como chefe do Gabinete de Gestão da Governadoria; o ex-vereador Denício Trindade, na presidência da Centrais de Abastecimento do Estado de Goiás (Ceasa); o atual diretor da Ceasa, Edivaldo Cardoso, no comando da Agência Brasil Central (ABC); deputado Lucas Calil, secretaria Extraordinária voltada para lazer e esportes, e o economista e presidente da ABC, Humberto Tannús, indicado para a vice-presidência da Celg GT.

 

Pelos empossados, discursou o novo chefe do Gabinete de Gestão da Governadoria, Jardel Sebba, que destacou a política de seriedade com que o governador Marconi Perillo vem conduzindo o estado por quase duas décadas, fazendo do Estado uma referência para o País. Ele lembrou que, em breve, José Eliton assumirá a “batuta” no lugar de Marconi e ressaltou que o governador em exercício “é uma das maiores revelações políticas do País”.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload