Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Luziânia estrutura Batalhão da ROTAM com recursos próprios

“A Prefeitura de Luziânia está entre as melhores de Goiás no trabalho de segurança pública, se não for, a que mais coopera em termos de parceria com a Polícia Militar”, disse o Comandante da Polícia Militar de Goiás, Coronel Divino Alves de Oliveira em visita as instalações do Batalhão Tático (Rotam) de Luziânia estruturado pelo governo Cristóvão para combater a violência no município. O Comandante também anunciou o reforço de mais policiais e 20 novas viaturas para o trabalho de rotina em Luziânia e no Distrito do Jardim Ingá.

 

A Rotam tem sua sede administrativa numa área de cerca de dez mil metros quadrados, no Setor de Chácaras Marajoara, no Distrito do Jardim Ingá, conta com 80 policiais e seis viaturas. A expectativa é de que em poucos dias a unidade já esteja em pleno funcionamento. “Nós temos dias para chegar, mas não temos para ir embora”, destacou o Comandante ao lembrar que já determinou aos seus oficiais dos comandos regionais ações permanentes e efetivas para reduzir os índices de criminalidade de forma considerável em toda Região.

 

Apoio da prefeitura

 

O prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin (PSD), lembrou que a prefeitura está bancando, com recursos próprios, toda estrutura física, desde o mobiliário ao trabalho de limpeza da área e reforma das instalações, como pintura, troca de lâmpadas, banheiros e fiação elétrica, uma vez que o complexo de vários alojamentos e galpões se encontrava abandonado e abrigou por algum tempo a Força Nacional. “Colocamos toda estrutura da Prefeitura, como pás carregadeiras, patrolas, caminhões caçambas e pessoal a disposição desse mutirão para acomodar os novos policiais” informou Cristóvão.

 

Embora a questão de segurança pública seja constitucionalmente de responsabilidade do Estado, o prefeito Cristóvão, desde o início de seu primeiro governo, tem feito sua parte no trabalho de combate à violência e à criminalidade. Ainda no seu primeiro mandato criou a Secretaria de Segurança e Cidadania do município e recentemente retirou do papel a Guarda Civil Municipal para dar apoio as forças de segurança no município. Luziânia vive um momento histórico com a criação da Guarda Municipal, que beneficia milhares de pessoas, e agora, com a instalação do Batalhão Tático. “Estou colaborando com as foças policiais para que o cidadão tenha mais proteção em nossa cidade”, disse.

 

A Prefeitura tem feito sua parte e isso pode ser constatado ao se enumerar algumas das principais ações para conter a onda de violência que vem sendo registrada no município e Região. Entre elas, destacam-se o reforço de mais policiais no comércio e nos bairros, a criação do Gabinete Integrado de Segurança Pública, instalação das delegacias especializadas da Polícia Civil, criação do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM), a Patrulha Amiga das Mulheres e a retomada da Patrulha Rural.

 

O trabalho de parceria entre o governo do município e do Estado na área de segurança pública tem sido fundamental para se combater a violência em Luziânia. Cristóvão tem se reunido constantemente com o Secretário de Segurança do Estado, com o governador Marconi Perillo, promotor de justiça, Comandantes da Polícia Militar e delegados da Polícia Civil, cobrando reforço policial e soluções definitivas para reduzir os índices de criminalidade em Luziânia.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload