Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Eliton ressalta investimentos para impulsionar agronegócio goiano

O vice-governador José Eliton esteve em Rio Verde, onde participou da Feira da Tecnoshow Comigo 2017. Recebido pelo presidente da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano, Antônio Chavaglia, e o prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale, Eliton ressaltou a importância do evento e enfatizou os esforços do governo de Goiás para gerar mais desenvolvimento para a região Sudoeste do Estado e, com isso, fortalecer o setor. Ele representou o governador Marconi Perillo.


Eliton ressaltou a importância do agronegócio para a estabilidade econômica do país. “Vivemos dias difíceis, mas é preciso saber que a solução para termos um país melhor é a convergência de ideias e interesses comuns”, relatou. O vice-governador estava na companhia do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Blairo Maggi, presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), Márcio Lopes de Freitas, senadores, deputados federais, estaduais e prefeitos de municípios vizinhos.


“A Tecnoshow é a vitrine que mostra a importância do município de Rio Verde, que figura em toda a América Latina como um dos principais polos da agricultura e pecuária”, disse ao relatar iniciativas na área de tecnologia e inovação como ferramentas capazes de impulsionar a agroindústria em Goiás. “Parabéns a cada produtor rural que ajuda a construir esse Estado e o novo Brasil que precisa nascer por meio dos esforços de cada um de nós”, enfatizou.


O ministro Blairo Maggi listou os reflexos da Operação Carne Fraca como desafios a serem enfrentados. “Já passamos por crises muito piores que essa e não tínhamos a força política que temos hoje”, afirmou. Ele reiterou que o governo federal está buscando mitigar os efeitos do fato. A resposta tem sido “bastante efetiva”, lembrando que vários mercados que estavam fechados voltaram a abrir as portas à carne brasileira.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload