Tribunal nega pedido de Lula e mantém depoimento a Moro nesta quarta


Juiz Nivaldo Brunoni, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, rejeitou pedido da defesa do petista


O juiz federal Nivaldo Brunoni, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), manteve o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para esta quarta-feira (10). O magistrado rejeitou pedido liminar da defesa do petista para suspender a ação penal e o interrogatório do ex-presidente.


“Não há razão para o deferimento de suspensão do interrogatório do paciente e sobrestamento da ação penal”, afirmou o magistrado. Nivaldo Brunoni pontuou que “não pode passar despercebido que o interrogatório do réu, ato comum a qualquer ação penal, ganhou repercussão que extrapolou a rotina da Justiça Federal de Curitiba/PR e da própria municipalidade”.


Via: Metrópoles

3 visualizações0 comentário