Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Grupo JBS não fez doações para campanha de Marconi nem antes nem depois de 2014

O Grupo JBS não fez qualquer doação financeira à campanha do governador Marconi Perillo à reeleição em 2014, conforme mostram os registros da prestação de contas publicada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Não houve doações nem antes nem depois da campanha eleitoral, disputada em dois turnos.


O grupo tem entre seus integrantes José Batista Júnior, o Júnior Friboi, que foi pré-candidato ao Governo de Goiás naquele ano. Os dados da prestação de contas estão no site do TSE na internet. Na relação, não há qualquer doação do Grupo JBS à campanha de Marconi.


Friboi, à época um dos donos e ex-presidente do Grupo JBS, filiou-se ao PMDB, em maio de 2013, e sempre deixou clara a intenção de concorrer ao governo em 2014. A entrada dele no partido aconteceu pelas mãos do vice-presidente da República e líder do partido, Michel Temer. Na época, Iris Rezende não compareceu, mas assinou a ficha de filiação e disse que cabia ao empresário viabilizar a candidatura.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload