Com a palavra Nestor Bastos

 

Cara de pau

Além de ser um grande articulador, o Presidente Temer mostra que é um tremendo “cara de pau”. Ele detém o maior índice de rejeição da história política do País, que hoje está na casa dos 95%, e age como se estivesse tudo bem, as mil e uma maravilhas. Enquanto tivermos homens públicos desta qualidade não podemos esperar muito de nossos governantes. E viva a democracia!

 

Farinha do mesmo saco

Por falar em Temer e sucessão presidencial, a coisa tá prá lá de feia para os brasileiros. E enganam-se os que pensam que Lula é a salvação desse País. Não vejo no atual cenário político um só candidato que reúna todas as condições éticas para assumir o cargo de Presidente e realmente seja capaz de defender os interesses do povo brasileiro. São todos farinha de um mesmo saco! Mas não descarto a possibilidade de que surjam algumas exceções.

 

Povo nas ruas, onde?

Tenho uma opinião bem particular com relação a permanência de Temer no Poder. Acredito que faltou a mobilização popular, o povo nas ruas, antes mesmo de chegar a denúncia para votação na Câmara dos Deputados, dia 02 de agosto - Agora é tarde e Inês está morta. Dificilmente o Presidente Temer será afastado daqui para frente, e nos resta, esperar o fim de seu governo em 2018 e conferir depois o estrago que ele deixou para a Nação.

 

Nova dor de cabeça

Os nomes da Argeplan, Empresa de arquitetura e construção, e de seu sócio-proprietário, Cel. Lima (João Baptista Lima Filho), estão tirando o sono do Presidente Temer. Isso porque a nova denúncia contra o Presidente da República, protocolada pelo Ministério Público Federal, está justamente na engrenagem Argeplan/Cel. Lima - O policial aposentado é acusado de receber propina para Michel Temer; de desviar verbas públicas, entre outros crimes.

 

Maduro, mas não cai

Claro que o trocadilho não se refere a nenhum tipo de fruto (fruta), mas a Venezuela e ao seu Presidente Nicolas Maduro. Nenhuma ditadura é boa para o povo, nem a de esquerda, nem a de direita. O chavismo é o maior exemplo de uma ditadura esquerdista, e por isso mesmo, a Venezuela convive com uma das maiores crises de sua história política e econômica, e sem diálogo com a Nação. O atual governo está aniquilando suas instituições e com um dos princípios básicos de qualquer povo: A democracia.

 

Nenhuma diferença

Nunca tive nenhuma simpatia pelo PT, mas confesso que cheguei a acreditar no governo Lula. Minha decepção foi logo no início de seu primeiro governo, quando o então Presidente petista fechou conchavos com os caciques e coronéis da política nacional como Sarney, Collor, Renan, entre outros. Não deu outra, o PT perdeu sua identidade e se transformou em um Partido igualzinho aos outros da chamada ala direitista.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle