Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Luziânia na contramão da crise segue com obras de infraestrutura

O governo Cristóvão retoma importantes obras de infraestrutura do município, contrariando as perspectivas da crise que afeta o País e atinge todos os municípios brasileiros. A Prefeitura de Luziânia, através da Secretaria de Desenvolvimento Urbano, que tem a frente Wilde Roriz, iniciou o segundo semestre de 2017 tocando obras de fundamental importância para a cidade. Uma delas é a do Bairro São Caetano, na Avenida Carlos Gomes com a Rodovia GO-010, ponto crítico de alagamentos há mais de 30 anos.


O pacote de melhorias para este semestre inclui serviço de drenagem, com implantação de galerias de águas pluviais, e pavimentação. O secretário Wilde Roriz (Cambão), acompanhou de perto o reinício dos trabalhos, fazendo vistoria técnica e funcional em todas as obras. Cerca de 30 funcionários e máquinas da empresa licitada para execução do projeto trabalham no local. O investimento é de R$ 650 mil, recursos do próprio município.

 

 

 

 


Córrego Rio Vermelho


Outra obra considerada essencial para a população é a canalização do córrego Rio Vermelho, no trecho que se estende do Banco do Brasil até o cruzamento da Av. João Teixeira, no bairro Rosário. Nessa área fica localizado um dos pontos mais críticos de alagamentos em Luziânia, com constantes inundações durante o período chuvoso, comprometendo a malha asfáltica da Av. João Teixeira e inundando residências localizadas às margens do córrego.  Os investimentos são da ordem de 3,5 milhões de reais e o prazo de conclusão é de três meses, aproximadamente.


É bom lembrar que vários pontos da cidade que estavam abandonados já foram revitalizados. Um exemplo marcante é a nova Praça Santa Luzia, hoje cartão postal da cidade. O governo também promoveu importantes obras de recapeamento asfáltico, pavimentação nova e a realização dos serviços de galerias de águas pluviais em vários bairros e no distrito do Jardim Ingá. 


A verdade é que na área de infraestrutura o atual governo resolveu problemas críticos, que há décadas incomodavam a população, como o caso da avenida 05 na divisa do PED VII e Setor Mandú, as crateras do Norte Maravilha e Alto das Caraíbas, além do problema crônico da Praça da Santa, na entrada principal da cidade.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload