Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Thiago Peixoto “puxa a orelha” dos deputados que deveriam representar Luziânia e não o fazem

 

O final de semana nas redes sociais “bombou” com a disputa entre os deputados federais Thiago Peixoto (PSD) e Célio Silveira (PSDB) para mostrar quem realmente está trabalhando por Luziânia. Tudo começou a partir de um vídeo do governador Marconi Perillo (PSDB) informando que recebeu, em sua casa, o deputado federal Célio Silveira e o deputado estadual Diego Sorgatto (PSB) para tratar de assuntos pertinentes à cidade de Luziânia.

 

Tudo iria bem não fosse pelo fato de que o governador, no vídeo, deu a entender que os dois deputados não estavam muito a par dos assuntos, principalmente quando disse que “eles vieram me pedir, hoje, os dez milhões, aliás, até falei para eles que vão ser quinze milhões para atender a cidade de Luziânia”. Foi o gancho para que Thiago gravasse um vídeo para explicar, ao Célio e ao Diego, o que será feito com os cinco milhões a mais que ele e Cristóvão Tormin (PSD) viabilizaram para Luziânia. O vídeo deixou Célio bastante nervoso, que imediatamente gravou uma resposta, onde se mostrava muito nervoso. Célio partiu para os ataques e ofensas pessoais.

 

Seria de se esperar que Thiago respondesse da mesma forma, com ataques e ofensas, mas o que se viu, em mais um vídeo gravado pelo deputado do PSD, foi uma aula de democracia. Thiago falou sobre o fim do coronelismo em Luziânia, a partir da gestão do prefeito Cristóvão, e convidou Célio para um diálogo na próxima terça-feira (3/9) na Câmara dos Deputados.

 

ENTENDA O CASO

Desde que assumiu seu primeiro mandato, em 2013, o prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin, tem trabalhado incansavelmente para conquistar recursos para sua cidade. Os resultados são inúmeros e em todas as áreas da administração pública. Para garantir tantas conquistas, Tormin sempre contou com sua própria articulação junto ao governador e com a ajuda de deputados realmente interessados no desenvolvimento de Luziânia. A grande maioria desses deputados não são da cidade. Thiago Peixoto é um deles. Mesmo não sendo da cidade, trabalha sempre para conseguir recursos para o município.

 

Mas claro, quando os frutos amadurecem, sempre aparecem os que não ajudaram a plantar querendo tirar proveito da situação. Na cidade de Luziânia não seria diferente. Veja:

 

Cristóvão conseguiu, junto com Thiago, na época secretário de Educação, a implantação de quatro colégios militares na cidade. Os colégios estão em fase final de construção. Agora, que já é possível ver a realização desde sonho da sociedade, alguns deputados oportunistas, na tentativa de passar para a sociedade que estão trabalhando, gravam vídeos dizendo que estão correndo atrás deste benefício. São oportunistas. Esperam ter certeza que o benefício será entregue pelo governador e, então, começam a espalhar vídeos e fotos nas redes sociais para enganar a população.

 

O caso das escolas militares não é o único. Aconteceu a mesma coisa com a implantação da Rotam em Luziânia, com o IML, Vapt Vupt do Ingá, os recursos do Goiás na Frente, e em tantas outras conquistas de Cristóvão e dos verdadeiros amigos de Luziânia. Projetos de muito tempo, muito trabalho, muita articulação e muita determinação, principalmente do prefeito Cristóvão, mas que, por oportunismo, alguns querem ficar com o mérito daquilo em que não trabalharam para acontecer. Cabe à população ficar atenta e não se deixar enganar.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload