“Não sou moleque e nem posso ser omisso” diz Wilde Cambão aos vereadores de Luziânia

O secretário de Desenvolvimento Urbano de Luziânia, Wilde Cambão, explicou aos vereadores do município, na manhã desta terça-feira (27/2), na Câmara Legislativa, sobre o andamento das obras de canalização do Rio Vermelho, na etapa da Avenida Doutor João Teixeira. Alguns vereadores haviam questionado sobre o prazo e o transtorno local.

 

O Jornal Repórter Político separou os três principais trechos da fala do secretário aos vereadores e preparou três vídeos para nossos leitores. Tranquilo, e de forma muito respeitosa e honesta, o secretário deu detalhes sobre a obra de canalização e por qual motivo não foram realizadas reformas na Praça Evangelino Meireles. Confira nos vídeos!

 

Wilde Cambão fala sobre o respeito que sempre teve com todos os vereadores

O secretário abriu sua fala falando de suas virtudes como pessoa de bem e que é difícil um vereador que o tenha procurado e que ele não o tenha atendido, independente de ser vereador de situação ou de oposição. “Quem me conhece, quem sabe da minha conduta, quem convive comigo sabe da minha postura e da minha posição. Agora, não sou moleque e nem posso ser omisso”, afirmou Cambão.

 

Para reformar a praça Evangelino Meireles o custo é de quase R$ 2 milhões

Apesar de ter ido até a Câmara para falar sobre as obras da Avenida João Teixeira, o secretário explicou por qual motivo o dinheiro para reformar a praça — quase dois milhões de reais — foram investidos na melhoria da saúde pública municipal, como a reconstrução do hospital Regional, por exemplo.

 

A verdade sobre a obra da Avenida João Teixeira

Relatórios apresentados pelo secretário, a todos os vereadores, comprovam que a obra está dentro do prazo e que a aparente demora se dá por conta de intervenções de empresas de água e esgoto e telefonia. Veja mais detalhes no vídeo.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle