Começa o trabalho de “despetização” do governo do Presidente Bolsonaro

Mais de 300 funcionários comissionados que integravam a Casa Civil da Presidência da República na última gestão foram exonerados dentro do processo de “despetização” defendido pelo Presidente Bolsonaro. Conforme explicou Onyx Lorenzony, são pessoas contratadas nos governos anteriores, com outra filosofia de trabalho e que não tem a mesma proposta de trabalho do atual governo. A medida foi adotada para uma nova composição de equipe, mais alinhada com o governo que está focado em temas como desburocratização, enxugamento da máquina pública e melhoria da qualidade de serviços prestados à população brasileira.

0 visualização0 comentário