Bolsonaro garante que em poucos dias o País conhecerá os desmandos feitos no BNDES, CEF, BB e outros

O Presidente Bolsonaro assegurou em rede social que "em poucos dias de governo, não só a caixa-preta do BNDES, mas de outros órgãos", será levantada e divulgado os nomes dos envolvidos. Muitos contratos foram desfeitos e serão expostos, segundo adiantou Bolsonaro, como o de R$ 44 milhões para criar criptomoeda indígena, que foi barrado pela ministra Damares Alves, de Mulheres, Família e Direitos Humanos. O presidente se refere à decisão da Ministra de suspender um contrato de R$ 44,9 milhões para a Fundação Nacional do Índio (Funai).

0 visualização0 comentário