Governo reforça contingente policial para frear onda de ataques no Ceará

O governo do Ceará vai convocar mais de mil policiais e bombeiros militares da reserva para reforçar o patrulhamento nas ruas e, assim, enfrentar a onda de ataques criminosos no estado, que já chega a duas semanas. A convocação dos militares da reserva é parte das medidas aprovadas pela Assembleia Legislativa e sancionadas pelo governador Camilo Santana. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também confirmou que enviará mais policiais rodoviários para o estado a fim de reforçar as ações de combate à violência. Cerca de 360 suspeitos de participar dos ataques a prédios públicos, ônibus e obras de infraestrutura foram presos ou apreendidos, desde o começo dos ataques, no último dia 2 de janeiro.

1 visualização0 comentário