Governadores pedem ajuda e recebem guia de recomendações para recuperar as contas públicas

Os governadores do Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM); de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO); do Pará, Helder Barbalho (MDB), e de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) pediram socorro financeiro ao governo federal para sair da crise financeira. Os quatro estiveram com o ministro da Economia, Paulo Guedes, mas receberam apenas recomendações para retirar seus respectivos estados da situação de caos. Eles receberam um guia elaborado pelo Tesouro Nacional para orientar os estados em crise financeira. O manual recomenda, entre outros pontos, o aumento de tributos, o corte ou a contenção de gastos com pessoal e a privatização de empresas locais para que as unidades da Federação reequilibrem as contas. Segundo o guia, os estados com a pior situação nas contas públicas são Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás, Bahia e Santa Catarina. No entanto, apenas o Rio de Janeiro cumpre os requisitos para integrar o programa de recuperação fiscal, que prevê ajuda da União em troca da adoção de medidas de ajuste pelos governos locais.

0 visualização0 comentário