Tragédia volta a se repetir com barragem de minério em Minas Gerais

 Após três anos da tragédia causada pelo rompimento da barragem de minério em Mariana, a mesma situação se repete, desta vez com a barragem da Mina Feijão, na cidade de Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte. O governo de Minas Gerais confirma sete mortes, mas a expectativa é de que haja mais de duzentas vítimas já que centenas de pessoas estão desaparecidas na localidade do desastre. Nove pessoas foram retiradas da lama com vida e mais 100 que estavam ilhadas também foram resgatadas. O presidente da Vale, empresa responsável, Fábio Schvartsman, disse que a tragédia é mais humana do que ambiental. O governo federal já tomou todas as providências no que diz respeito ao atendimento as vítimas. 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle