Guaidó e Maduro longe de qualquer acordo para fim da crise na Venezuela

O presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, Juan Guaidó, que se autoproclamou presidente interino venezuelano, declara que não terá nenhum “falso diálogo” com o presidente Nicolás Maduro. Maduro, na sexta-feira, dia 25, disse estar disposto a se encontrar com Guaidó e com os demais líderes oposicionistas. Ele disse que está aberto ao diálogo e à negociação. Em entrevista coletiva, concedida no Palácio Miraflores, sede do governo, Maduro disse que se a oposição se abrir “a um diálogo razoável, sincero e à favor dos interesses da maioria dos venezuelanos”, estará aberto a um encontro.

0 visualização0 comentário