Encontro formaliza apoio a democracia e deve ser visto como ato de repúdio ao governo do ditador Nicolás Maduro

 O presidente Jair Bolsonaro recebe Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino da Venezuela, nesta quinta-feira, dia 28, no Palácio do Planalto. Apesar de o Brasil reconhecer Guaidó como presidente interino da Venezuela, o encontro não será tratado como uma visita de chefe de Estado. Guaidó será recebido pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, responsável por acompanhá-lo durante a visita. O encontro com Bolsonaro não terá formalidades de chefe de Estado e será realizado em seu gabinete. A iniciativa é vista como um ato de apoio à democracia e de repúdio a ditadura do governo de Nicolás Maduro.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle