Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Bolsonaro promete atuar para trazer de volta a democracia da Venezuela

 No encontro com Juan Guaidó (Presidente autodeclarado interino da Venezuela), no Palácio do Planalto, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o Brasil vai atuar, dentro da legalidade, para restabelecer a democracia no país vizinho. Segundo Bolsonaro, o governo não poupará esforços para que a democracia seja restabelecida na Venezuela. Ele também criticou governos anteriores do Brasil por terem dado apoio ao presidente Nicolás Maduro. Guaidó agradeceu o apoio do governo brasileiro na ajuda humanitária e classificou o encontro como um marco no resgate das relações entre os dois países. Guaidó citou também o número de 300 mil venezuelanos em situação de “emergência de morte” e outros 3 milhões em risco humanitário em decorrência da crise política e econômica que afeta os venezuelanos.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload