Guaidó cumpre maratona em defesa do retorno a democracia na Venezuela

Em visita a Buenos Aires, o autodeclarado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, apelou para a mobilização nacional e internacional em favor da restauração da democracia e dos direitos humanos em seu país. Segundo ele, todos os segmentos devem se unir em defesa do “progresso e da prosperidade” contra a “pobreza e a miséria”. Guaidó ressaltou que o esforço conjunto deve ser pela “construção de capacidades”, o que ocorre por meio de mobilização, envolvendo as pessoas, os movimentos sociais, os sindicatos, os grêmios estudantis, os partidos políticos e as Forças Armadas. Ele se reuniu com o presidente argentino, Mauricio Macri, que reconheceu a legitimidade de sua interinidade na Venezuela. Guaidó também esteve no Paraguai e já agendou visita ao Chile.

1 visualização0 comentário