Protestos vão cobrar um basta no feminicídio durante a semana do Dia Internacional da Mulher

Em várias cidades brasileiras, incluindo pelo menos 20 capitais, protestos vão marcar o Dia Internacional da Mulher, que se comemora dia 08 de marco. Os atos da Marcha Mundial das Mulheres defendem o fim da violência contra as mulheres, o respeito aos direitos civis e direitos reprodutivos e sexuais das mulheres. As imigrantes e refugiadas, as mulheres com deficiência, a questão da representatividade política, além do respeito, entre as bandeiras, vão ocorrer ao longo da semana. A questão do feminicídio, que tem crescido de forma assustadora no Brasil, é um dos principais temas que será levantado nas manifestações.

1 visualização0 comentário