Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Operação Lava Jato sofre mais um golpe com a soltura de Temer e seus comparsas

 O ex-presidente da República, Michel Temer, deixou na segunda-feira, dia 25, às 18h42, a sede da Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro, onde estava preso desde o dia 21, em uma cela improvisada, no prédio que fica no centro da cidade.
Temer foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo desembargador Ivan Athié. Ele foi preso durante a Operação Descontaminação, que investiga desvio de verbas nas obras da usina nuclear Angra 3. A decisão linear do magistrado é mais um golpe na Lava Jato, nosso principal instrumento de combate a corrupção e aos bandidos de colarinho branco. Também foram soltos os comparsas de Temer, entre eles, o ex-ministro e ex-governador do Rio de Janeiro, Moreira Franco. 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload