Bolsonaro sinaliza diálogo com deputados para destravar a PEC da Previdência

No encerramento da viagem a Israel, o presidente Jair Bolsonaro disse que vai reservar meio-dia da agenda no Brasil para receber parlamentares e conversar. Segundo ele, está aberto ao diálogo. O presidente reiterou que a proposta da reforma da Previdência é um projeto para o país e, não de governo. “Vou deixar pelo menos meio-dia da minha agenda no Brasil para atender deputados e senadores”, disse Bolsonaro em entrevista. “O que eu apresentei para o Parlamento com a reforma da Previdência não é um projeto meu, é do Brasil” argumentou. O presidente disse compreender as manifestações dos parlamentares sobre eventuais alterações na proposta da reforma, relacionadas ao Benefício de Prestação Continuada (BPC) e à aposentadoria rural. De acordo com ele, a preocupação com os trabalhadores no campo é com as fraudes.

0 visualização0 comentário