Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Caiado faz economia, corta gastos, mas governo permanece engessado

 O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), afirmou que já fez uma economia de R$ 1 bilhão com corte de incentivos fiscais e lembrou que reduziu em 20% os gastos do estado em diversas áreas da administração. E como sempre tem feito em suas entrevistas, voltou a criticar o governo anterior, destacando que herdou o estado com várias dificuldades, entre elas, um déficit de R$ 4 bilhões. Segundo ele, os 100 dias de governo, não é para comemorar, mas para demonstrar que seu governo tem compromisso com o estado. Caiado ressaltou que ainda aguarda o melhor momento para apresentar o projeto de reforma administrativa, que prevê a redução de gastos da máquina pública. Além disso, espera que o governo federal vote nos próximos dias o Plano de Equilíbrio Fiscal, para que o estado possa pedir empréstimos. Caiado também assinou dois decretos, criando um novo código de ética para os servidores públicos e proibindo o uso da foto do governador em repartições públicas. No lugar deve ser colocado a bandeira do estado.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload