Militantes de esquerda coordenam protestos contra bloqueio de verbas das universidades

Estudantes, trabalhadores da educação, sindicalistas e militantes de esquerda de todo País se mobilizaram nesta quarta-feira, dia 15 de maio, em várias capitais e cidades para protestar contra o bloqueio de verbas das universidades públicas e institutos federais. Convocados por entidades como a União Nacional dos Estudantes (UNE) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), os atos também criticam a possibilidade de extinção da vinculação constitucional que assegura recursos para o setor e a proposta de reforma da Previdência. Segundo a CNTE, foram programados atos nas 27 capitais brasileiras e em várias outras cidades do país. O Presidente Bolsonaro, que se encontrava em Dallas, nos Estados Unidos, criticou os protestos chamando os estudantes de “idiotas inúteis, imbecis e massa de manobra de uma minoria espertalhona”.

1 visualização0 comentário