Entre em contato via e-mail, Whatsapp ou redes sociais:

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • G+ - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Caiado formaliza pedido das Cavalhadas como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil

 O governador Ronaldo Caiado e o secretário de Cultura Edival Lourenço formalizam em Brasília a abertura do processo de registro das Cavalhadas de Goiás como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. A petição foi endereçada e entregue ao Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Produzido a pedido da Superintendência de Patrimônio Histórico, Cultural e Artístico da Secretaria de Cultura de Goiás, o documento evidencia aspectos históricos, estéticos e sociais das festas das Cavalhadas, realizadas há mais de 200 anos em Goiás. Além do governador e do secretário, os prefeitos de 11 municípios que sediam esses eventos tradicionais assinaram o texto que solicita o reconhecimento do Iphan.

O pedido do governo detalha como, ao longo de dois séculos, as Cavalhadas se enraizaram no cotidiano das comunidades, consolidando-se como relevante expressão para a compreensão da identidade e memória da sociedade brasileira. A instauração do processo cumpre o rito previsto no decreto nº 3.551/2000 e a resolução nº 001/2006 do Iphan. A ideia de reivindicar o registro surgiu no lançamento das Cavalhadas 2019, em evento realizado no dia 29 de maio, no Palácio das Esmeraldas. A iniciativa tem apoio da superintendente do Iphan em Goiás, Salma Saddi e de representantes das cidades de Pirenópolis, Santa Cruz de Goiás, Palmeiras de Goiás, Posse, Jaraguá, Crixás, Hidrolina, São Francisco de Goiás, Santa Terezinha de Goiás, Corumbá de Goiás e Pilar de Goiás. Segundo o governador, o reconhecimento do Iphan é merecido e muito importante para as Cavalhadas de Goiás por seu significado histórico.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload