Caiado assina os primeiros contratos do Programa Goiás Empreendedor

 Para fomentar o pequeno empreendedor que deseja criar o seu próprio negócio, gerar empregos e impulsionar a economia, o governador Ronaldo Caiado assinou os primeiros 80 contratos entre pequenos empreendedores do Programa Goiás Empreendedor. A solenidade foi realizada na quinta-feira, dia 19, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, e contou com a presença do vice-governador Lincoln Tejota, do secretário Wilder Morais e do presidente da GoiásFomento, Rivael Aguiar.

“O maior programa social que pode haver é gerar emprego, para que a pessoa ganhe dignidade e possa crescer de acordo com o seu potencial e a sua atividade. Quando vejo isso se transformar em realidade, tenho ainda mais certeza que vamos diminuir as desigualdades regionais”, destacou Caiado.

 “É como nós médicos dizemos, é uma aplicação direta na veia”, comparou Caiado, ao considerar a rapidez do impacto de se priorizar os micro e pequenos empresários, uma vez que os retornos dos investimentos nas grandes empresas são mais burocráticos e de longo prazo. “Eles estão pegando o dinheiro hoje e amanhã já estarão trabalhando, montando a estrutura deles e já produzindo esse resultado de ampliar a sua própria capacidade gerencial”, completou.

O governador também aconselhou aos contemplados que “não caminhem pela improvisação”. “Busquem uma assessoria, seja da Secretaria da Indústria e Comércio, que vai fornecer pessoas qualificadas, seja Sebrae, Sesc, Senac, enfim, cada um na sua área. Mas tenham humildade de deixar que eles opinem sobre as metas de cada um, sobre como avançar, para não dar o passo maior que as pernas, dentro de um processo progressivo e que seja cada vez mais sustentável”, sugeriu.

Na avaliação do secretário de Indústria, Comércio e Serviço, Wilder Morais, esse é um dos grandes programas do Governo de Goiás, que leva recurso a micro e pequeno empresários principalmente nas cidades pequenas. “Não vamos conseguir industrializar o Estado inteiro, mas vamos fazer com que o emprego e renda possam acontecer nos 246 municípios do Estado de Goiás”, garantiu. Ainda segundo Wilder, a meta é atender 14 mil novos pequenos e médios empresários do Estado de Goiás até o final de 2020.

Para o vice-governador Lincoln Tejota, o grande mérito do governo em pouco mais de oito meses é conseguir dar respostas com agilidade. “A população quer soluções rápidas e definitivas para problemas históricos. Ninguém mais tolera ver dinheiro público mal aplicado. Nunca se fez tanto com o mesmo ou com menos”, afirmou.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle