Presidente e prefeito do Rio tratam de questões ligadas a dívida do município carioca

 O presidente Bolsonaro esteve reunido com o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, e secretários municipais, no Palácio da Cidade, sede da prefeitura da capital fluminense. Entre os temas da reunião a dívida da cidade, estimada em torno de R$ 6,8 bilhões, dos quais R$ 5 bilhões são com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). “Já encaminhamos pedidos para renegociação e espero que sejam bem-sucedidos este ano”, disse o prefeito, em conversa com jornalistas.

Também participaram do encontro representantes de várias correntes evangélicas. Crivella ressaltou que o presidente Bolsonaro recebeu apoio de todos. “O presidente da República tem nos evangélicos um apoio forte. Todos oram, pelo presidente, não só pelo preceito bíblico de que devem orar pelos superiores mas por afinidade também”. 

O prefeito Crivella disse que na reunião trataram da transferência dos postos de saúde e hospitais federais para o município do Rio, ocorrida em 1995, com os funcionários federais passando também para o município, o que resultou na não atualização do repasse de recursos. O prefeito disse estar fazendo acordo com o Ministério da Saúde e que espera em breve resolver a questão. 

Segundo Crivella, Jair Bolsonaro deverá estar presente à inauguração da primeira escola cívico militar, que está sendo construída no Rocha, zona norte do Rio de Janeiro, com conclusão prevista para daqui a 40 dias. Crivella garantiu que na reunião não trataram de política, mas sim dos interesses do povo da cidade, “sem outras conotações”. Crivella acredita que por meio de parceria com o governo federal, o Rio só terá a ganhar. “Isso vai ser bom para todos os cariocas”. O presidente Bolsonaro permaneceu uma hora e quarenta minutos no Palácio da Cidade e saiu sem falar com a imprensa, seguindo para encontro com o comandante da Marinha, Almirante de Esquadra Ilques Barbosa Junior, no 1º Distrito Naval.

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle