GDF vai distribuir gratuitamente um milhão de máscaras antes da reabertura do comércio

 O Governo do Distrito Federal vai distribuir um milhão de máscaras reutilizáveis para a população. A oferta será feita em locais de grande circulação de pessoas e deve ter início nos próximos 15 dias. Esta é mais uma iniciativa do governo local no combate ao coronavírus​. Para esta ação, o GDF tem como parceira a Federação das Indústrias (Fibra-DF), que cuidará da confecção do material junto a produtores, e o Banco de Brasília (BRB), que vai ofertar R$ 1 milhão.

Esse valor vai permitir a compra de 450 mil unidades dentro do total de um milhão de máscaras que serão adquiridas. O restante do pagamento será feito com as doações feitas ao Comitê de Emergência Covid-19. A distribuição das máscaras ocorrerá em locais de grande circulação de pessoas, em transportes públicos e também no comércio. Agências bancárias também vão receber o material. 

A partir dessa iniciativa de proteger a população com máscaras, o governo espera uma reabertura gradual e mais tranquila do comércio. A intenção é que o retorno do funcionamento de boa parte das atividades ocorra a partir de 03 de maio. E que ela seja feita com a população abastecida com o material. Portanto, segura. 

“Estamos adotando essa medida para tentar reabrir parte do comércio a partir de 03 de maio. Se possível, a grande maioria do comércio. Faremos a aquisição das máscaras junto ao sistema Fibra. As máscaras serão distribuídas gratuitamente à população do DF para garantirmos mais segurança no momento dessa reabertura da economia. Não vamos parar por aí, esse é o primeiro passo para a reabertura”, explicou Ibaneis Rocha. 

Durante a assinatura do convênio, o governador agradeceu o empenho do BRB nas ações de combate à Covid-19 e também a parceria com a Fibra. “A cidade está unida, os empresários estão unidos, mostrando mais uma vez a importância do Sistema S para o Brasil e nossa cidade”, acrescentou. “A máscara é um instrumento muito adequado. Além dessa proteção vamos dar a condição social, de renda. Conectados a esse processo estarão pelo menos 1.500 micro empresários que estão desalentados, sem negócios. São microempresários distribuídos por várias regiões administrativas que vão passar a ter renda, recebendo por máscara produzida”, detalhou Jamal Jorge Bittar, presidente da Fibra. 

 Já o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, reforçou a missão do banco no combate à Covid-19. “Esperamos contribuir para reduzir o impacto do coronavírus. Estamos felizes de integrar o Instituto BRB nesta ação.” A assinatura do convênio reuniu o governador Ibaneis Rocha; o vice-governador Paco Britto; o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa; o presidente da Fibra, Jamal Jorge Bittar; o secretário de Economia, André Clemente; e o assessor especial de Governo, Gustavo Rocha.
 

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle