Celso de Mello, do STF, abre inquérito para investigar declarações do ex-ministro

 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello decidiu na segunda-feira, dia 27, abrir inquérito para investigar as declarações feitas pelo ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, que pediu demissão do cargo e fez acusações contra o presidente Jair Bolsonaro. A decisão de Mello atendeu a um pedido feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. Com a abertura da investigação, uma das primeiras medidas será a convocação de Moro para prestar depoimento e entregar eventuais provas de suposta interferência do Presidente na Policia Federal (PF). Na sexta-feira, dia 24, durante seu pronunciamento, Bolsonaro negou que tenha pedido para o então ministro interferir em investigações da Polícia Federal.  

 

 

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle