Governador sanciona lei que libera recursos para hospital de Luziânia e outros municípios

 Após ser aprovada na quinta-feira, 07 de maio, na Assembleia Legislativa, o governador Ronaldo Caiado sancionou a lei que permite ao Estado a abertura de quatro créditos extraordinários no valor de R$ 351,7 milhões ao Fundo Estadual de Saúde. O recurso será destinado para aparelhar hospitais de campanha nos municípios de Itumbiara, Luziânia, Jataí, Formosa, São Luís de Montes Belos, Águas Lindas de Goiás, Anápolis, Goiânia e Porangatu. A verba também será usada para aquisição de equipamentos médico-hospitalares e proteção individual, além de servir para a aquisição de testes rápidos para o enfrentamento da crise sanitária provocada pela pandemia da covid-19.

“Rapidamente a nossa base, liderada pelo Bruno Peixoto e pelo presidente Lissauer Vieira, já deram celeridade e aprovaram a lei. Hoje, já vamos sancionar”, explicou o governador durante live diária aos veículos de comunicação da Agência Brasil Central, que teve a participação do líder do Governo na Assembleia, o deputado estadual Bruno Peixoto. De acordo com Caiado, este é um momento importante na política de Goiás, já que a população nunca teve a oportunidade de ter um hospital regional.

“Só existia na época da campanha eleitoral. Tudo ficava na base da festa, enganando a população e nunca inauguraram”, citou Caiado lembrando de exemplos como os hospitais de Posse, Águas Lindas, Uruaçu e Santo Antônio do Descoberto, que em 20 anos não foram abertos.  “Em um ano e meio, vamos colocar as coisas adiante e ainda assumir seis hospitais para dentro da estrutura do governo, transferir para a saúde de Goiás com o custeio, manutenção, conservação e equipe médica e técnica. Ou seja, toda área de saúde, para atender o paciente, além de policlínicas que estamos fazendo”, emendou.

“Vamos trazer o autógrafo de lei para que seja publicado e já inicie o aparelhamento desses hospitais para atender a população que precisa”, anunciou Bruno Peixoto.  O deputado ressaltou que o dinamismo e ação do governador fazem a diferença nesse momento. “O governador não se esconde, age porque tem credibilidade. E não é diferente no Poder Legislativo, onde o governo tem uma base consolidada, com 26 deputados unidos. E em certos pontos até a oposição vota conosco, pela credibilidade do nosso governador.  Por isso, estamos conseguindo pagar a folha, e hoje vamos publicar R$ 351 milhões que serão destinados para a saúde”, continuou.

Durante o bate-papo com o governador, o deputado fez questão de destacar que medidas duras, tomadas no ano passado, para melhorar a situação fiscal do Estado, como a aprovação das reformas Administrativa e da Previdência, hoje, fazem a diferença nesse momento de crise. “Quantas vezes fomos questionados dessas ações e votações. Tenho certeza que o servidor público, vendo essa crise, a queda na arrecadação, percebe que as ações foram significativas para que ele recebesse em dia, para que tivéssemos recursos para ampliar a rede e fazer o atendimento para aqueles que precisam de tratamento da covid-19. Hoje estamos sendo compreendidos”, afirmou.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle