Covid-19 leva pânico aos moradores em meio a muitas lives e pouca eficiência

Moradores de Luziânia, no Entorno de Brasília, estão apavorados com as duas novas mortes pela covid-19 registradas na última terça-feira, dia 02 de junho, no Hospital de Campanha do município - Um senhor de 80 anos e seu filho que havia falecido poucas horas antes. O Hcamp foi inaugurado recentemente pelo governador Ronaldo Caiado para tratar, especialmente, vítimas da covid-19.

Segundo dados da Secretária de Saúde de Luziânia, o município tem computado até o momento seis mortes e 119 pessoas infectadas, números que estão assustando os luzianienses e que mostram a ineficiência do governo interino. A prefeita “tampão”, Edna Aparecida dos Santos, está muito focada no isolamento social de pequenos estabelecimentos comerciais e esquece que não basta somente isso, mas sim, outras medidas complementares de cunho social, como testes para constatar a doença, distribuição de máscaras, álcool em gel, tudo de forma gratuita, além de apoio mais efetivo aos comerciantes, comerciários, industriários e as comunidades mais carentes da grande Luziânia.

21 visualizações0 comentário