Governo prorroga atuação da Força Nacional para frear a criminalidade

O Ministério da Justiça e Segurança Pública prorrogou, por mais 180 dias, a atuação da Força Nacional de Segurança Pública nos estados do Pará, Paraná, Espírito Santo, Goiás e Pernambuco, no âmbito do Projeto Em Frente Brasil, de combate à criminalidade violenta. A portaria de prorrogação foi publicada nesta quarta-feira, dia 24, no Diário Oficial da União.

Os agentes trabalham no apoio às forças de segurança locais, em ações de policiamento ostensivo e para a preservação da ordem pública e segurança das pessoas e do patrimônio. As atividades estão concentradas nas capitais e regiões metropolitanas desses estados, com foco nos municípios de Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR).

O prazo do apoio prestado pela Força Nacional vai de 25 de junho a 21 de dezembro deste ano e poderá ser prorrogado. As operações terão o apoio logístico dos estados e municípios envolvidos e o número de agentes a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O Projeto Em Frente Brasil foi lançado em agosto do ano passado e tem como foco o combate a crimes violentos, como homicídios, feminicídios, estupros, latrocínios e roubos. Além da redução dos índices de criminalidade no curto prazo, o projeto tem o objetivo de desenvolver um conjunto de ações de políticas públicas em outras áreas, para reduzir as vulnerabilidades sociais que estão na causa dos altos indicadores de violência nessas regiões

2 visualizações0 comentário