Presidente tem a covid-19, toma cloroquina, e vai despachar por videoconferência

 O presidente Bolsonaro informou que testou positivo para o novo coronavírus. O exame que detectou a infecção por Covid-19 foi feito após o presidente sentir sintomas como cansaço, mal-estar, dor muscular e febre de até 38ºC. O Presidente também disse que chegou a realizar uma ressonância magnética dos pulmões no hospital das Forças Armadas, mas que não foram detectados problemas.

 

Ao anunciar que contraiu o vírus, na entrada do Palácio da Alvorada, Bolsonaro fez um retrospecto sobre o trabalho do governo federal com relação ao combate à Covid-19. Ele disse que foi muito criticado por suas posições no passado, e citou decisões do Supremo Tribunal Federal, que deixaram a decisão sobre políticas de isolamento social a cargo de prefeitos e governadores. “Houve um superdimensionamento da crise sanitária”, observou ao afirmar que medidas outras, exageradas ou não, levaram um certo pânico à sociedade no tocante ao vírus. “Todo mundo sabia que, mais cedo ou mais tarde, ia atingir uma parte considerável da população, como tem muita gente… Eu, por exemplo, se não tivesse feito o exame, não saberia do resultado. E ele acabou de dar positivo”, disse.

 

Bolsonaro informou que começou a manifestar “uma certa indisposição” no último domingo, dia 05 de julho, e que os sintomas pioraram ao longo da segunda-feira, quando passou a sentir “cansaço, um pouco de dor muscular e febre, que chegou a bater 38ºC”. Diante do quadro, Bolsonaro disse que foi aconselhado a fazer uma tomografia dos pulmões no hospital das Forças Armadas. O exame, segundo ele, não detectou problemas.

 

O presidente disse que a equipe médica da Presidência da República optou por iniciar a administração de hidroxicloroquina e azitromicina e descreveu “Confesso a vocês: estou perfeitamente bem”. Questionado se foi pego de surpresa pelo resultado, Bolsonaro disse que achava ter contraído a doença anteriormente. “Tendo em vista esse meu contato com o povo bastante intenso nos últimos meses, eu achava até que tivesse contraído e não percebido”, concluiu.

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle