Fim do fechamento intermitente 14 x 14 e reabertura do comércio agrada empresários


O governador Ronaldo Caiado (DEM) confirmou na quarta-feira, dia 08 de julho, que o comércio de Goiânia vai reabrir na próxima terça-feira, dia 14 de julho. A reabertura já estava prevista no decreto que estabeleceu o revezamento 14 x 14 de comércio aberto e comércio fechado (intervalo de duas semanas), mas entre a classe empresarial havia receio de que o governador desistisse de liberar os estabelecimentos para funcionar em virtude da alta do número de casos da Covid-19 no Estado.

De acordo com Caiado, um documento de prevenção a covid-19 está sendo escrito com a participação do prefeito de Goiânia, Iris Rezende e de sua equipe, com a equipe do governo estadual, para que se possa abrir, e ao mesmo tempo continuar com a responsabilidade de se diminuir, cada vez mais a contaminação dos pacientes. Em um vídeo o governador confirmou a parceria de trabalho entre as equipes estadual e municipal.

Caiado adiantou que uma série de protocolos sanitários serão adotadas para garantir a saúde de clientes, logistas, e comerciantes em geral, durante os próximos 14 dias. “O reflexo do funcionamento das atividades na saúde dos goianos será constantemente monitorado e, se for preciso, o protocolo poderá ser revisto”, observou o governador.

Após conversa com o governador, o prefeito disse que levaria a Caiado uma nova proposta para flexibilizar as atividades econômicas na capital durante a pandemia de Covid-19, uma vez que na próxima terça-feira, dia 14, termina o período de fechamento do decreto estadual de quarentena intermitente 14 x 14, acatado pela Prefeitura de Goiânia. A conversa entre Iris e Caiado agradou os comerciantes, logistas e toda classe empresarial.

7 visualizações0 comentário