Governo Ibaneis dá o primeiro passo para construção do Hospital do câncer


O Governo do Distrito Federal dá o primeiro passo para a construção do Hospital Oncológico de Brasília. Na terça-feira, dia 28 de julho, foi publicado no Diário Oficial da União e no Diário Oficial do DF o edital de contratação da empresa que vai construir a unidade.

O investimento será de R$ 119 milhões, com recursos do Ministério da Saúde. O HOB terá 172 leitos, e expectativa é atender nove mil pessoas por ano.

O certame para contratação da empresa executora do serviço será realizado pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) em 27 de agosto, às 9h. À instituição, que será responsável pela fiscalização do serviço, também coube elaborar o projeto executivo do empreendimento, assinado pela Diretoria de Edificações. O prazo de conclusão da obra é de 36 meses.

Os R$ 119 milhões investidos no edital custearão tanto a construção da unidade quanto o fornecimento de equipamentos hospitalares. O projeto consiste em uma unidade hospitalar com 172 leitos, sendo 152 de internação e 20 de unidade de terapia intensiva (UTI), além de consultórios multidisciplinares, alas para tratamento de quimioterapia, radioterapia, medicina nuclear, endoscopia e salas de cirurgia conjugadas. Exames de imagem, como mamografia, ultrassom e raios X, também poderão ser realizados no local.

De acordo com a Secretaria de Saúde, o Hospital Oncológico de Brasília, quando em funcionamento, terá capacidade para realizar até nove mil atendimentos anuais, atendendo à demanda pública de pacientes oncológicos existente no Distrito Federal, que em 2019 foi de 6.247 enfermos.

1 visualização0 comentário