Ibaneis nomeia Okumoto para Secretaria de Saúde e afasta sete gestores ligados à área

 

Após o suposto envolvimento do Secretário de Saúde do GDF, Francisco Araújo, em irregularidade na compra de testes para detecção da covid-19, e o mesmo ter sido alvo de operação deflagrada pelo MPDFT, o governador Ibaneis Rocha afastou temporariamente sete gestores ligados a Secretaria de Saúde e nomeou o diretor-presidente da Fundação Hemocentro de Brasília, Osnei Okumoto, para comandar interinamente a pasta. A decisão foi publicada em segunda edição do Diário Oficial desta terça-feira dia 25 de agosto.

 

Conforme a determinação, ficam afastados dos cargos: o secretário de Estado de Saúde,  Francisco Araújo Filho; o diretor do Hospital Regional de Planaltina, Ricardo Tavares Mendes; o subsecretário de Vigilância a Saúde, Eduardo Haje Carmo; o secretário-adjunto de Gestão em Saúde, Eduardo Seara Machado Pojo do Rego; o diretor do Laboratório Central de Saúde, Jorge Antônio Chamon Júnior; o subsecretário de Administração Geral da Saúde, Iohan Andrade Struck; e o assessor especial, Ramon Santana Lopes Azevedo.

 

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle