MP-GO deflagra operação contra deputado suspeito de desviar R$ 10 milhões

 

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) deflagrou na manhã desta quinta-feira, dia 03 de setembro, uma operação que apura fraudes em esquema de licitações ilegais para compra e venda de combustíveis. O valor dos desvios é de R$ 10 milhões e entre os alvos da operação está o deputado estadual Iso Moreira (DEM). A ação cumpriu mandados de busca em sua casa e em seu gabinete, na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego).

 

Foram cumpridos outros nove mandados de busca em Goiânia, Brasília, Bela Vista de Goiás, Simolândia e Alvorada do Norte. Por se tratar de caso de improbidade, não há mandados de prisão. A operação teve ainda apoio do Centro de Inteligência (CI) do MP-GO e do Ministério Público de Contas de Goiás, com atuação junto ao Tribunal de Contas dos Municípios.

 

Em Bela Vista de Goiás foi cumprido mandado de busca na residência do também assessor parlamentar Humberto Carlos Teixeira. Em Alvorada do Norte, as buscas foram realizadas nas residências do ex-prefeito e atual secretário de administração do município, Alessandro Moreira dos Santos. Em Simolândia, as buscas foram na casa do ex-prefeito de Alvorada do Norte e ex-assessor parlamentar David Moreira de Carvalho, além de uma outra residência do deputado Iso Moreira, localizada no município. Já em Brasília, foi cumprido mandado no apartamento do empresário Aloísio Moreira dos Santos Júnior.

 

Segundo as investigações da Promotoria de Justiça de Alvorada do Norte, entre 2003 e 2016, funcionou na região esquema ilegal de compra e venda de combustíveis junto ao Posto Serra Bonita, propriedade da família de Iso, localizado no município. Os desvios foram realizados pelo grupo com alterações fictícias do contrato social, registrado em nome de suspeitos de serem laranjas. As investigações terão prosseguimento para identificar outros envolvidos e apurar a extensão total do prejuízo financeiro

Compartilhe no Facebook
Compartilhe no Twitter
Please reload

Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle