Policiais militares serão promovidos para 1ª classe sem teste de aptidão


O governador Ronaldo Caiado (DEM) anunciou que vai promover automaticamente os 1.985 militares que estão na 2ª classe da Polícia Militar do Estado de Goiás para a 1ª classe, em dezembro. Assim não haverá necessidade do Teste de Aptidão Profissional (TAP), o que significa que, cerca de 15% da tropa aumentará os rendimentos de R$ 5,7 mil para R$ 6,3 mil.

Em março de 2019, o governador já tinha extinguido a 3ª classe de soldados, que tinha rendimento ainda menor. Além disso, em julho deste ano 3.155 integrantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros receberiam as promoções, o que geraria o impacto aproximado de R$ 66 milhões anuais na folha dos servidores públicos. Os valores começaram a ser pagos em agosto.

Este reconhecimento, diz Caiado, impacta nos índices de criminalidades, que tem tido redução. “Isso é resultado da eficiência e presença de nossas polícias. É gratificante estar à frente de uma gestão em que as polícias correspondem às expectativas daquela que é a segunda principal demanda da população: segurança pública e combate à criminalidade”, celebrou o governador, que considera as forças policiais representam o sustentáculo do governo.

6 visualizações0 comentário