Diego Sorgatto é eleito prefeito do município com 57,16% dos votos


O deputado estadual, Diego Sorgatto, do DEM, foi eleito prefeito de Luziânia, domingo, dia 15, com 57,16% dos votos (48.061 ao total). Em segundo lugar ficou o também deputado estadual, Wilde Cambão (PSD), que obteve 19,89%, ou seja, 16.728 votos e em terceiro lugar ficou a professora Edna (Podemos) com 18,01% (15.142 votos). Duda Lemos obteve 3,12% e os outros dois candidato, professor Lukas e Alex Meirelles, tiveram menos de 1% dos votos, conforme resultado oficial do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Além do atraso para divulgação dos primeiros resultados da contagem de votos, causado por problemas na Justiça eleitoral, o pleito do município também registrou inúmeros outros problemas, como boca de urna, compra de votos e algumas prisões. Luziânia teve 20,89% de abstenção, 3,63% votos brancos e 6,07% votos nulos. O prefeito eleito, Diego Sorgatto, de 30 anos, tem como vice a Diretora Ana Lúcia, de 47 anos, os dois fazem parte da coligação Juntos Pra Mudar Luziânia, formada pelos partidos Republicanos, PL, PSB, Avante, Solidariedade, Cidadania, MDB, DEM, PSDB e PC do B.

Nas redes sociais o prefeito eleito reafirmou seu discurso de construir uma Luziânia e um Jardim Ingá mais fortes e respeitados. Segundo ele, nos próximos quatro anos vai seguir trabalhando com honestidade, humildade e pronto para as responsabilidades que terá pela frente. “A mudança que a gente tanto sonhou virou realidade nas urnas”, disse.

15 visualizações0 comentário