Protestos não sensibilizam TSE que alerta apenas sobre fake news


As manifestações ocorridas em vários pontos do País em favor de novas eleições por causa de atraso na contagem e divulgação dos votos e a constatação de outras irregularidades (domingo dia 15), não sensibilizaram o Tribunal Superior Eleitoral que nesta sexta-feira, dia 20, indiferente aos protestos, alertou através de nota, que circulam nas redes sociais mensagens falsas sobre a anulação das eleições em alguns municípios por suspeita de fraude na urna eletrônica.

Segundo o TSE, desde a implantação da votação por meio eletrônico, em 1996, nunca houve constatação de fraude no sistema de votação. Na nota o Tribunal reafirmou que o dispositivo tem 30 camadas de segurança para dificultar fraudes, os dados são transmitidos por uma rede privada, sem conexão à internet ou bluetooth, e lacres de segurança alertam sobre qualquer tentativa de violação dos dados.

Além disso, o resultado da votação pode ser conferido pelos partidos políticos por meio dos boletins de urna, o relatório impresso que indica os votos dados pelo eleitor para cada candidato. O documento é fixado na porta da seção eleitoral ao final do dia de votação. O segundo turno das eleições será realizado em 29 de novembro. O pleito ocorrerá em 57 cidades espalhadas pelo país, das quais 18 são capitais.

4 visualizações0 comentário