Goiânia e Aparecida dão adeus a Maguito e corpo segue para sepultamento em Jataí



Centenas e centenas de moradores de Goiânia, e de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, foram as ruas para esperar o cortejo do ex-governador e prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela, para dar o último adeus ao político, que morreu quarta-feira, dia 13 de janeiro, após complicações da Covid-19. Em seguida o corpo seguiu para a Jataí, terra natal do ex-governador. O sepultamento está marcado para às 9h desta quinta-feira, 14 de janeiro, no jazigo da família, localizado no Cemitério São Miguel, onde foram enterrados os pais e irmãs de Maguito.

Em Goiânia, a despedida contou com estrutura de drive-thru montada pelo Governo de Goiás na Praça Cívica. “Fazemos o reconhecimento pela trajetória de um homem que enfrentou com dignidade, altivez e espírito público todos os desafios”, destacou o governador Ronaldo Caiado. Comoção e uma série de homenagens marcaram o velório de Maguito Vilela, realizado na noite de quarta-feira em frente ao Palácio das Esmeraldas, na Praça Cívica.

Toda a estrutura foi montada após Caiado oferecer à família enlutada o suporte do Estado para a cerimônia. Ao redor do espaço estavam cerca de 100 coroas de flores enviadas ao longo do dia. Mais distante, além das barreiras de segurança, pedestres acompanharam trechos do velório.

Caiado afirmou que todo o cenário reflete o quanto o prefeito licenciado (para tratar da covid-19) era querido. “O sentimento do povo goiano neste momento de perda é o reconhecimento da trajetória de um homem que enfrentou com dignidade, altivez e espírito público todos os desafios, sempre a defender suas convicções e ideias com coerência, ponderação e sensatez”, frisou.

O governador prestou solidariedade ao filho de Maguito, Daniel Vilela, que seguiu os passos do pai na carreira política, e aos demais membros da família presentes. Também participaram do velório amigos e diversas autoridades, entre elas secretários estaduais e municipais, deputados e vereadores. As mensagens da cerimônia religiosa ficaram sob responsabilidade do padre Rodrigo de Castro e do pastor Lourenço, da Igreja Atmosfera, que leram trechos bíblicos e fizeram orações.

As homenagens a Maguito começaram nas primeiras horas da manhã, quando noticiada sua morte. Em nota, Caiado decretou luto oficial por três dias em Goiás e determinou que fossem prestadas ao ex-governador “todas as honras de Estado, em reconhecimento ao que construiu em benefício do povo goiano”. Pouco depois, houve a cerimônia de arriamento das bandeiras em frente ao Palácio das Esmeraldas, na Praça Cívica. Um gesto solene e de respeito à memória do prefeito de Goiânia.




Circulação dirigida em Brasília, municípios goianos do Entorno do Distrito Federal e Goiânia. As matérias assinadas não representam, necessariamente, o ponto de vista deste jornal, sendo estas de responsabilidade de seus autores.

Matriz (Brasília): Qd. 2, Conjunto G, Casa 25, Candangolândia - CEP 71725-207 / Sucursal (Luziânia): Rua Padre Primo, sala 03, nº 67, Centro


Editora Comunicação e Marketing Ltda - Fone: 61 9 8124-1033 CEP 72800-620

  • whats
  • Facebook - Grey Circle
  • Twitter - Grey Circle
  • YouTube - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle