Leitos de UTI no DF tem mais de 20% de ocupação com pacientes de outros Estados



O perfil epidemiológico de pacientes acometidos pela covid-19 tem mudado cada vez mais. Antes, a taxa de ocupação se dava mais pelos pacientes acima de 65 anos. No entanto, hoje a ocupação maior tem sido de pessoas mais jovens, abaixo dos 55 anos. Nesta terça-feira, dia 13 de abril, havia 454 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) covid ocupados. Porém, 21,3% desse total são pacientes de fora do Distrito Federal.

Desse total de leitos ocupados, 92 pessoas não são residentes do DF, representando 21,3%, exatamente. A secretaria observou que 35 são pacientes oriundos do estado de Goiás, 56 não informaram a origem e um informou ser do Paraná. O DF tem 454 leitos ativos públicos disponíveis à população de 3.052.546 habitantes, ou seja, 14,86 leitos de UTI covid para cada 100 mil pessoas

Ainda havia 238 pacientes aguardando por um leito de UTI covid e 100 aguardando um leito de UTI não covid, totalizando 340 pacientes esperando por um leito de UTI no Distrito Federal. Hoje, o estado de Goiás, por exemplo, possui 509 leitos ativos disponíveis à população de 6.523 milhões de habitantes, ou seja, 7,80 leitos de UTI covid para cada 100 mil pessoas.



2 visualizações0 comentário