Serial killer mata família e está à solta levando terror e espalhando maldade




Muita comoção no cemitério de Taguatinga, no Distrito Federal, nesta segunda-feira, dia 14, durante enterro da família (pai, mãe e dois filhos) morta pelo assassino Lázaro Barbosa, de 32 nos, serial killer, que desde a semana passada vem espalhando o terror em municípios do Entorno do DF. O matador está à solta na região e já disse que “vai levar quantas pessoas puder”, dando a entender que vai cometer mais assassinatos.

No sábado, dia 12, Cleonice Marques de Andrade, de 43 anos, foi encontrada morta e nua em uma área de mata em Ceilândia, no Distrito Federal. No mesmo dia, ele colocou fogo em uma chácara e baleou quatro pessoas, sendo que duas estão em estado grave. A mulher estava desaparecida desde quarta-feira, dia 08, após Lázaro matar o marido e os dois filhos do casal em um triplo homicídio. Ela foi sequestrada e levada para o local onde foi encontrado o corpo. A Polícia Civil do Distrito Federal identificou pelo menos dois locais onde Lázaro se escondia. Ele matou a família após reagirem a uma tentativa de assalto. Cláudio Vidal, de 48 anos e os dois filhos de Cleonice, Gustavo Vidal, de 21, e Carlos Eduardo Vidal, de 15, foram executados a tiros e facadas ainda no dia 8 de junho.


46 visualizações0 comentário