VÊ os comentários: Autoritarismo e incompetência - Brasil em alerta - Como "cego em tiroteio"

Coluna

Autoritarismo e incompetência

O presidente dos EUA, Donald Trump, deu um mau exemplo para o mundo ao afrontar a democracia norte-americana, incitando seus apoiadores a invadirem o Congresso, na tentativa de prejudicar o presidente eleito Joe Biden, sobre argumento de que houve fraude no pleito presidencial. Todas as tentativas de Trump foram em vão, uma vez que ficou comprovada a lisura das eleições. O insucesso do episódio apenas mostrou o desgoverno da gestão Trump, marcado pelo autoritarismo, controvérsia e incompetência.

Brasil em alerta

Os mesmos “ingredientes” que levaram a derrota de Donald Trump, e a insurreição fracassada por parte de seus apoiadores, também estão impregnados na política do governo Bolsonaro. Portanto, o quadro que se desenha para as eleições presidenciais de 2022, em nosso País, não está tão diferente daquele que o mundo presenciou, recentemente, nos Estados Unidos. O episódio norte-americano serve de alerta aos brasileiros com relação as eleições do próximo ano, que tem como certa a candidatura à reeleição do presidente Bolsonaro que segue o mesmo modelo do governo Trump.

Como “cego em tiroteio”

O Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, está mais perdido do que “cego em tiroteio” na coordenação da vacinação para imunizar o brasileiro contra a covid-19 e se contradiz cada vez que anuncia o início da vacinação. Primeiro, fixou a data para janeiro, agora a conversa é para fevereiro, e já há uma outra estimativa para começo de março. Enquanto isso, a covid-19 segue matando brasileiros registrando números assustadores em todo País.


17 visualizações0 comentário